C

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Muriçoca também pode transmitir o vírus da zika, confirma Fiocruz

O mosquito popularmente chamado de “muriçoca” e pernilongo, de nome científico Culex quinquefasciatus, também pode transmitir o vírus dazika, segundo a BBC Brasil.
A descoberta foi divulgada nesta quinta-feira, 21, pela Fiocruz no Rio de Janeiro, como resultado de experimentos em Pernambuco, em região metropolitana de Recife, local em que o número do mosquito Culex é 20 vezes maior do que o Aedes aegypti.
De acordo com a Fundação, o Aedes aegypti não é o único transmissor, já que o vírus foi encontrado em pernilongos. Como ainda está em andamento o processo de averiguação para saber qual o papel do pernilongo na epidemia brasileira, a política de controle de combate à doença permanece focada no mosquito Aedes aegypti. 
"Já sabemos que ele transmite. O que ainda não sabemos é a capacidade dele como vetor", disse a pesquisadora da Fiocruz Pernambuco Constância Ayres durante a coletiva de imprensa. 
Pesquisa
Foram examinados aproximadamente 500 mosquitos com o objetivo de comparar a transmissão de vírus de diferentes famílias de insetos.
Os primeiros testes foram feitos com os micro-organismos do Zika, como prioridade diante do quadro epidêmico do país. A coleta dos mosquitos foi baseada em regiões com relatos do zika nas cidades de Recife e Arcoverde. Os dados foram fornecidos pela Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco, SES-PE.
A Fiocruz informou que não foram detectados indícios do vírus em mosquitos Culex no Rio de Janeiro.
Redação O POVO Online

Nenhum comentário: