C

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Sindicatos denunciam caos na saúde estadual e paralisam atividades em todo o estado

Representantes dos sindicatos da saúde do estado se reuniram no Sindicato dos Médicos do RN nas últimas semanas para debater o caos na saúde em todas as esferas públicas e definir ações de enfrentamento a situação.
Para expor estes graves problemas da saúde estadual, os sindicatos da saúde e todas as entidades médicas do estado vão participar de Coletiva de Imprensa no dia 01 de setembro, às 9h, no Sinmed RN.
Além da crônica falta de insumos, remédios e vagas em leito de UTI nas unidades hospitalares, nos últimos meses o problema tem se agravado com a falta de segurança, falta de alimentação para servidores e acompanhantes, atraso nos pagamentos e, esta semana, até o lixo está acumulado nas unidades devido à greve da empresa que recolhe os resíduos nos hospitais do estado.
Para Pablo Renoir, diretor do Sindicato dos Farmacêuticos do RN, esta é uma situação de calamidade pública. “O governo perdeu totalmente o equilíbrio, não sei se por incompetência ou imperícia, e temos um grande desmantelo da máquina pública”, afirma.
“Esta é a pior crise que vivencio na saúde. Não me lembro de situação semelhante”, lamenta Geraldo Ferreira, presidente do Sinmed RN.
Os temas que serão tratados durante a Coletiva são a solicitação de visita da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal e pedir intervenção do Ministério da Saúde na Sesap, além de anunciar a paralisação do dia 2/9 e possível greve geral no estado.
Os sindicatos participantes da mobilização são: Sindicato dos Odontologistas do RN (SOERN), Sindicato dos Técnicos e Tecnólogos em Radiologia do RN (SINTTAR), Sindicado de Enfermagem, Técnicos Duchistas, Massagistas e Empregados em Clinicas e Casas de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte (SIPERN), Sindicato dos Farmacêuticos do RN (SINFARN), Sindicato dos Enfermeiros do Estado do RN (SINDERN), Sindicato dos Servidores da Saúde do RN (SINDSAÚDE) e Sindicato dos Médicos do RN (SINMED RN).
Entidades Médicas: Conselho Regional de Medicina (CRMRN), Associação Médica (AMRN), Academia de Medicina, Cooperativa de Anestesiologistas (COOPANEST) e Cooperativa Médica (COOPMED).
PARALISAÇÃO
No dia 02 de setembro todas as categorias ligadas aos sindicatos do movimento unificado pela saúde realizam paralisação de 24 horas nos atendimentos. No mesmo dia, às 8h30, será promovido um ato público com concentração na Sesap, às 8h30, e caminhada até a prefeitura em seguida.
Agenda dos sindicatos da saúde
01/09 – Coletiva de Imprensa, no Sinmed RN, 9h.
01/08 – Reunião com as entidades médicas do estado (Conselho Regional de Medicina, Associação Médica, Academia de Medicina, Cooperativa Médica, Cooperativa de Anestesiologistas), no Sinmed RN, 19h.
02/09 – Ato em frente à Sesap, 8h30. Dia de paralisação.

SERVIÇO: Coletiva no SINDICATO DOS MÉDICOS DO RN
Tema: Solicitação de visita da Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal e intervenção do Ministério da Saúde na Sesap
Porta-vozes: 
Geraldo Ferreira – presidente do Sinmed RN; Ivan Tavares – Presidente do Soern; Simone Dutra – Diretora do Sindsaúde; Pablo Renoir – Diretor do Sinfarn; Domingos – presidente do Sipern; Luciano – Diretor do Sindern.
Local: Sede do Sinmed RN – Rua Apodi, 244, Cidade Alta (ao lado da Unimed)
Data/Horário: Quinta-feira (01/09/2016), às 9h
Outras informações: Assessoria de Imprensa do Sinmed RN – 84- 3222-0028 ou comunicacao@sinmedrn.or.br


Atenciosamente,


Assessoria de Comunicação
Tel: (84) 3222-0028 |  9911-0506
  Facebook Twitter

Nenhum comentário: