C

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Da leitura à escrita: Alunos da Escola Municipal Juvenal Lamartine fazem oficina literária e depois terão sua produção publicada em livro

Alunos do Ensino Fundamental II (do 7º ao 9º ano) da Escola Municipal Juvenal Lamartine, no Alecrim (Natal), estão vivendo uma experiência diferenciada em sala de aula a partir da 1ª Oficina Natalense de Leitura e Produção de Contos, que está sendo ministrada pelos educadores, José Alves da Silva e Míriam Flávia Medeiros de Oliveira, sempre no período da tarde.

As oficinas começaram na semana passada e vão até o próximo dia 30 de novembro. Serão feitas em 20 horas trabalho, nas quais, os alunos aprendem sobre gêneros literários, conhecem referências de escritores potiguares e são instigados a escrever seu próprio conto. No último dia, eles socializarão, lendo suas produções. Após essa etapa, Míriam Flávia e José Alves farão uma seleção que resultará no livro correlato ao projeto, com publicação prevista para fevereiro do ano que vem.

Essa atividade está sendo possível porque foi aprovada ano passado, a proposta do produtor cultural, José Correia Torres Neto, para a 1ª Oficina Natalense de Leitura e Produção de Contos, no Edital do Fundo de Incentivo à Cultura (FIC 2015) da Prefeitura Municipal de Natal, através da Fundação Capitania das Artes.

Anteriormente, em 2014, ele já havia aprovado pelo BNB uma Oficina com esse mesmo formato, que foi realizada em quatro cidades do interior do Estado e que resultou na publicação do livro Novos Contistas Potiguares, com os textos produzidos pelos alunos participantes. Os livros foram distribuídos em várias bibliotecas do estado.

De acordo com Míriam Flávia, a atividade vai do incentivo à leitura até à produção escrita. “Mostramos os gêneros literários, mas enfocamos no conto, assim como também apresentamos alguns autores potiguares”. Inicialmente, os alunos se mostram tímidos, mas logo em seguida, alguns já se estimulam para compor seus próprios textos. Segundo José Alves, os dois educadores orientam que eles busquem sua própria história, assim como o lugar onde vivem, para que possam a partir daí, escrever seus contos. Os educadores sentem que, ao passo que existe sim uma deficiência na leitura e na escrita de alguns alunos, por outro lado, existe uma imensa vontade de aprender.

1ª Oficina Natalense de Leitura e Produção de Contos

Local: Escola Municipal Juvenal Lamartine

Dias: 16, 17, 23, 24 e 30 de novembro.

Hora: a partir das 13h até 17h

Sheyla de Azevedo Andrade
Jornalista e Escritora. Assessora de Comunicação e Imprensa da Cooperativa Cultural

84 9610 7909 / 84 8744 0041
blog - bichoesquisito.blogspot.com

Nenhum comentário: