C

V

V

domingo, 11 de junho de 2017

Feliz dia dos namorados

Confira as fotos aqui...


A Marcela e o Carlinhos
Um conto de amor 
Muitas pessoas tem vergonha de demonstrar o que elas sentem pela outra. Para uns, acreditem, dizer o que sente é motivo de riso. É motivo de chacota e tantas outras coisas a mais. Só que, amar de verdade não é se importar com o que vão dizer... Amar de verdade é pôr as cartas na mesa. Mas tenha certeza de uma coisa: Existe um mundo ao seu redor, e de uma maneira ou de outra ele vai se importar com o que você fizer sim… Assim são as pessoas, assim é o mundo, que não escolhemos pra viver, mas que nos foi imposto isso. 
Olha, entenda, amar é rir das coisas mais idiotas. É pôr um apelido carinhoso na pessoa que você ama. Sem se preocupar com o que as pessoas vão achar disto. 
Amar é fazer escolhas. É decidir pelo que você acha certo. Amar é um risco, e sempre será assim. Mesmo que eu não tenha palavras tão bonitas quanto queria pra colocar aqui, a interconectividade assim como o acaso formam o amor. 
Eu não sei como o Carlinhos reagiu ao ver a Marcela pela primeira vez. Eu não sei qual foi a explosão de sentimentos que o compôs nesse momento. Eu não sei se os olhos dela se encheram de lágrimas quando os olhos dos dois estavam ligados. Mas, uma coisa eu sei: Nada na vida é por acaso. Você tem que tentar, você tem que buscar. E no jogo do amor, no jogo do amor verdadeiro, não a espaço para o que você tem, mas... Sempre a espaço para o que você é. Sua essência!
Não se escolhe um amor por acaso. O coração que tá guardado no peito não bate com mais intensidade porque você quis. É o acaso. O Carlinhos encontrou a Marcela. A Marcela fez-se disposta a amá-lo com toda a sua força, com todo o seu coração e da maneira mais plural que possa caber no universo. 
Ela te Ama, Carlinhos. E tudo que ela mais quer te dizer agora é que seu amor, mesmo em poucas palavras, é inexplicável e que a forma mais abrangente de te dizer isso é: Vamos viver juntos pro resto da nossa vida. Com garra! Com objetivos na vida! 
Marcela, Carlinhos, quando olharem pra lua façam planos porque o brilho da lua pode iluminar mais ainda um caminho que vocês trilham e vão desbravar a cada minuto, a cada hora, a cada dia, a cada mês... Até o último suspiro... 

Tal homenagem é porque o dia dos namorados vai ficar marcado pra sempre no coração de vocês dois... 
DIA 12 vocês vão noivar! PARABÉNS!  

Texto: Anderson Lima 



Professor Dodó e Sônia 30 anos de casados

Nenhum comentário: