C

pedra cell

pedra cell

12

12

terça-feira, 13 de junho de 2017

Professor da PUC de São Paulo, Edgard de Assis Carvalho faz palestra em Natal sobre O Capital de Karl Marx

Evento é aberto ao público e será nessa quarta (14), a partir das 14h, no Labplan, no Centro de Ciências Humanas Letras e Artes (CCHLA), da UFRN.

Faz em 2017, 150 anos que o filósofo, sociólogo e jornalista prussiano, Karl Marx publicou pela primeira vez o conjunto de livros "O Capital", que tornou-se sua obra-prima. A série de livros tratava do capitalismo e suas consequências e é considerada uma obra que marca o pensamento socialista no mundo.

Um século e meio depois e qual seria a temporalidade dessa obra? Qual sua contribuição não só filosófica e econômica, como também literária? Para responder a essas questões, a Cooperativa Cultural Universitária dentro do seu projeto Centenários – convidou o professor titular do Departamento de Antropologia da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e assessor permanente do Grupo de Estudos da Complexidade (Grecom), da UFRN, Edgard de Assis Carvalho, para falar sobre Karl Marx e sua obra. Ele estará hoje (14) no Labplan, no Centro de Ciências Humanas Letras e Artes (CCHLA ou Azulão), na UFRN, a partir das 14h, com palestra aberta ao público, para falar sobre o tema: “Razão e Desrazão da História do Progresso Humano - Marx e a Literatura”.

Para o professor da PUC-SP, "Marx dominou a literatura e a filosofia do seu tempo. E autores como Shakespeare, Balzac, Goethe, Voltaire e Rousseau fizeram parte da sua formação e constituem uma base para as interpretações das contradições sociais que cercam a existência humana, e não apenas do capitalismo. "Nos capítulos 23, 24 e 25 de ‘O Capital’ as influências de Goethe e Balzac são mais perceptíveis, mesmo que esses autores não integrem explicitamente a narrativa”, esclarece Assis Carvalho.

Karl Marx (1818-1883) nasceu na Prússia, foi filósofo, sociólogo, jornalista e um revolucionário socialista. Ele se tornou apátrida e morreu em Londres (Inglaterra).

Sheyla de Azevedo Andrade
Jornalista Freelancer e Escritora. Especializada em Jornalismo Cultural, redação de impresso, TV, produção, redação de projetos, assessora de comunicação e imprensa e estudante de Psicanálise.

84 9610 7909 / 84 8744 0041
blog - bichoesquisito.blogspot.com

Nenhum comentário: