C

cfc

sexta-feira, 31 de março de 2017

TOCA DO JOSA EMITE NOTA A POPULAÇÃO E AOS AMIGOS

Como já deve ser de conhecimento da população Santa-cruzense sobre o ocorrido na noite de terça-feira (28), dentro do meu estabelecimento comercial, eu, Josenildo Canindé da Silva, afirmo que:

1 – Sou um TRABALHADOR desde pequeno, orientado pelos meus pais, que sempre me disseram “meu filho! O trabalho dignifica o homem”. Com esse sentimento, caí em campo  na busca de uma profissão, lutei e com muito esforço, me capacitei como chefe de cozinha.

Trabalhei por diversos anos na capital do PAÍS (BRASÍLIA). Aqui em Santa Cruz foram anos na ACT e hoje, trabalho na querida Escola João Ferreira, na minha amada comunidade do Paraíso. Por onde passo tenho procurado deixar um rastro de amizades e companheirismo;

2 – Nasci e me criei no Bairro do Paraíso, comunidade que respeito, que amo e que defendo. Sabemos como são tratadas as periferias do Brasil a fora e com a nossa não é diferente. Aflora na sociedade um sentimento de discriminação e abandono, mas o bairro é belo, de um povo acolhedor, trabalhador e como toda periferia, também violenta, inclusive, causada pelo próprio abandono, pela falta de uma politica consistente, que venha defender as centenas de famílias que aqui vivem, trabalha e estuda;

3 – Há 03 ANOS, com objetivo de melhorar minha renda e possibilitar um ambiente de entretenimento, resolvi abrir em nosso amado BAIRRO do PARAÍSO um espaço, para comercialização de bebidas alcoólicas e comidas, batizado de TOCA DO JOSA. Aqui eu ofereço diariamente, vários tipos de pratos, tira gosto e bebidas. Durante todos esses anos nunca tivéssemos registros de violência, baderna ou reclamação de qualquer natureza, é um espaço familiar, que vem atendendo seu proposito de possibilitar em nossa comunidade, um espaço de convivência coletiva;

4 - Para minha surpresa e tristeza, assim como, para a tristeza dos amigos que frequentam nosso espaço. Na última terça, houve, lamentavelmente, um homicídio dentro do estabelecimento. Esse homicídio, ao que tudo parece, foi causado por rixa de facções, não tendo nada haver com brigas no local. Vale salientar que, o vitimado já vinha sendo perseguido e que nunca estivera antes em nosso estabelecimento;

5 – Um fato dessa natureza deixa marcas, mesmo não tendo nada haver com nosso espaço, somos afetados diretamente. Estou triste, tanto com a violência, com o óbito, quanto pelo futuro do nosso espaço de TRABALHO. Aqui é onde busco força, para continuar a lutar dignamente pela vida. O espaço vinha em crescimento, o que me deixava alegre e feliz;

6 – Bate sim um desespero, uma angustia, mas GRAÇAS a DEUS tenho encontrado amigos e uma família fiel, que tem me ajudado a superar mais essa dificuldade. Eu e o espaço TOCA DO JOSA precisamos dessa corrente de solidariedade, companheirismo e amizade;

7 – Sou uma pessoa que sempre procurei superar as dificuldades impostas pela vida, não sou de baixar a cabeça e quero sim, continuar a viver, a trabalhar. Não pretendo deixar meu lugar, é aqui que moro e trabalho. Com a força de todos, irei superar e já deixo aqui, toda minha gratidão;

8 – Por fim, dizer que não sou uma pessoa GANANCIOSA, o dinheiro não me compra, mas preciso da dignidade do trabalho, para continuar a viver. Portanto! Se depender de mim, a TOCA DO JOSA continuará aberta e sairá desse episodio mais GRANDE, mais FORTE no proposito de continuar a oferecer um serviço de qualidade aos amigos e população em geral.

Queridos amigos! O futuro da TOCA DO JOSA está nas mãos de vocês.

MUITO OBRIGADO PELO CARINHO E SOLIDARIEDADE.  

FONTE: https://blogdorobsonsantos28.blogspot.com.br/

Nenhum comentário: