3a1

iure veiculos

iure veiculos

AM CARNES

AM CARNES

CREART

CLINICA TRAIRI

CLINICA TRAIRI

pedra cell

rede con

rede con

MARMORARIA

MARMORARIA

apolo

apolo

CASA DO MATUTO

CASA DO MATUTO

Drogaria Topázio

Drogaria Topázio

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Sistema Penitenciário do RN passa a contar com 500 tornozeleiras eletrônicas a partir de quinta

Wenderval Gomes
 A partir da próxima quinta-feira (4) o Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte vai ganhar mais um recurso para ajudar o monitoramento dos apenados: o Sistema de Tornozeleira Eletrônica. A tornozeleira funcionará como uma espécie de GPS que informa a localização do preso.
O método, que já foi adotado por países como Estados UnidosArgentina e Portugal, já é uma realidade em alguns estados do Brasil, como São Paulo e Pernambuco. 
Nessa primeira etapa, o sistema será implantado em Natal e região metropolitana, explica a chefe de Gabinete da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), Janaina Xavier.
Segundo a chefe de Gabinete, cerca de 500 equipamentos estão sendo disponibilizados pela empresa Spacecom. “Essa empresa é a mesma que faz o monitoramento dos investigados na operação Lava Jato. Ela é referência no país”, destacou. 
Janaina Xavier detalhou que cada tornozeleira custa R$ 275 reais/mês. Ela acrescentou que “só serão pagas as pulseiras que estão sendo usadas naquele mês”, ressalta.
De acordo com Xavier, a prioridade neste primeiro momento são os apenados do semiaberto e, em alguns casos, os que passaram pelas audiências de custódia. “A empresa vai apresentar todo o sistema na quinta e partir do mesmo dia ele já estará funcionando”, conta.
Uma central de monitoramento funcionará 24h nas dependências do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), paralelamente com a supervisão da Spacecom em Curitiba. 
Em Natal, uma equipe de 12 agentes penitenciários estará fazendo a supervisão. A central também funcionará de forma integrada com o Ronda Cidadã, que dará suporte em caso de necessidade. 

Nenhum comentário:

Acessos do blog